Notícias

Programa de vantagens criado por startup brasileira troca cursos e serviços de saúde por material reciclável

Startup acelerada pela plataforma Braskem Labs já coletou mais de 300 toneladas de material reciclável com apoio de 4,5 mil famílias cadastradas na Bahia, Paraná e São Paulo

Um dos pontos de coleta de material reciclável da startup SO+MA

Já pensou na possibilidade de transformar materiais recicláveis em cursos profissionalizantes ou serviços médicos? A SO+MA , a primeira fintech do país a unir benefícios financeiros a atitudes que geram impacto social positivo e que foi acelerada pela plataforma Braskem Labs, uma das maiores iniciativas de empreendedorismo de impacto socioambiental do Brasil, surgiu com esta missão e está mudando a forma como as pessoas se relacionam com a reciclagem. 

A startup, que participou de mentorias de capacitação e networking promovidos na edição de 2019 do Braskem Labs , já conta com mais de quatro mil e quinhentas famílias cadastradas em um programa de vantagens que incentiva a reciclagem em Curitiba (PR), Salvador (BA) e São Paulo (SP). Além disso, o programa está em fase de expansão para o Rio de Janeiro (RJ) e, recentemente, iniciou uma parceria com a prefeitura da capital paulista para abordar a importância da reciclagem do plástico nas escolas da rede municipal de ensino. 

A SO+MA atua como um programa de vantagens totalmente gratuito e as pessoas cadastradas pontuam de acordo com a quantidade de material reciclado doado, como garrafas PET e outros itens plásticos, latas de alumínio, ferro, papel, papelão e vidro. Os pontos, que funcionam da mesma forma que programas de milhagem, são trocados por diversos serviços, como cursos profissionalizantes, alimentação básica e produtos de higiene oferecidos atualmente por cerca de 20 parceiros da SO+MA . Nas escolas municipais de São Paulo, os pontos acumulados por alunos também podem ser trocados por brinquedos e materiais escolares.

Segundo a empreendedora Claudia Pires, idealizadora da iniciativa, a SO+MA já coletou cerca de 300 toneladas de materiais recicláveis. Para fechar o ciclo, os materiais coletados são doados para cooperativas de reciclagem dos municípios atendidos pelo programa. "Muitas vezes o resíduo reciclável é visto como lixo, como algo que não tem valor, e o nosso objetivo é tirar esse estigma. A partir de incentivos como o Braskem Labs , queremos vencer o desafio de mudar a relação das pessoas com os resíduos recicláveis e mostrar que, se descartados corretamente e reciclados, eles podem ser transformados em calçados, roupas, brinquedos e embalagens, entre outros itens", ressalta.

A capacitação e as oportunidades geradas a partir da participação da SO+MA na plataforma de aceleração Braskem Labs contribuíram principalmente para aumentar o network e aperfeiçoar a gestão da empresa. "Na SO+MA acreditamos na importância de somar conhecimentos para aplicar no nosso negócio e o Braskem Labs foi uma das grandes oportunidades que encontramos para avançarmos com um programa que contribui para a construção de um mundo mais sustentável", afirma Fernanda Yamasaka, gestora de Projetos da SO+MA .

Segundo Fernanda, a startup está dialogando com comerciantes das praias do litoral carioca, que em troca da entrega de resíduos plásticos coletados na areia já podem receber melhorias nos quiosques, ganharem itens como guardas-sóis e cadeiras. Na cidade de São Paulo, a SO+MA inaugurou neste ano uma nova unidade na zona sul e ainda pretende levar as ações a mais escolas públicas ao longo de 2020. Após o Braskem Labs , a startup também ganhou um novo parceiro (Faber-Castell) para oferecer materiais escolares e artísticos como mais um serviço a quem está cadastrado no programa de vantagens. 

Apoiando o empreendedorismo de impacto positivo
A plataforma Braskem Labs foi criada pela Braskem para apoiar negócios que considerem a química e/ou o plástico como parte da solução de questões socioambientais. Os empreendedores interessados podem optar pela modalidade Scale, voltada para startups em fase de tração e escola, ou seja, que estejam operacionais, tenham clientes e faturamento, ou pelo programa Ignition, que funciona como pré-aceleração para quem está em fase de validação de modelo de negócio. 

Os programas combinam capacitação e mentoria por meio de encontros individuais e em grupo. As empresas selecionadas participam da aceleração por cerca de cinco meses e recebem, entre outros itens, diagnóstico de negócio, apoio personalizado, acesso a uma rede diversa de executivos da Braskem e de mentores Quintessa (parceiros do Braskem Labs ), networking com conexão a potenciais clientes e parceiros estratégicos do mercado.

A seleção considera o grau de inovação das soluções apresentadas, potencial de mercado, perfil do empreendedor e da equipe envolvida, modelo de negócio e impacto socioambiental positivo - é importante que os empreendedores tenham mais de 18 anos e disponibilidade para estar presente nos encontros realizados na cidade de São Paulo. As inscrições para a edição deste ano estão abertas até 26 de fevereiro pelo site www.braskemlabs.com .

 

Para esclarecimentos adicionais à imprensa, favor contatar::
CDN Comunicação 

Jessyca Trovão - (55 11) 3643-2769 - jessyca.trovao@cdn.com.br

Karina Alves - (55 11) 3643-2981 - karina.alves@cdn.com.br

Fábio Souza - (55 11) 3643-2813 - fabio.souza@cdn.com.br

Débora Farias - (55 21) 3626-3715 - debora.farias@cdn.com.br

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter