Éter Etil Terbulítico (ETBE)

Para atender a demanda crescente por soluções sustentáveis, a Braskem decidiu apostar no ETBE, um bioaditivo para gasolina produzido parcialmente com etanol, em uma unidade industrial no Polo de Triunfo, RS, desde 2007, e duas unidades no Polo de Camaçari, Bahia, desde 2009.

A opção pelo ETBE foi o resultado de três anos de estudos da companhia para encontrar uma alternativa sustentável de substituição do MTBE, o aditivo tradicional, que apresenta restrições ambientais no mercado internacional, especialmente nos mercados norte-americano e japonês.

O ETBE é obtido pela reação do etanol (43%) com o isobuteno (57%). Por conter matéria-prima de fonte renovável, evita emissões de CO2 quando comparado com o MTBE. A cada tonelada produzida de ETBE evita-se a emissão de 783 Kg de CO2, o que contribui para mitigação das mudanças climáticas.